Como ajudar seu filho a largar as fraldas em apenas uma semana
























Saber quando o filho deve largar as fraldas nem sempre é fácil. Para algumas crianças, a transição não é tão simples e exige mais atenção. Com dicas simples para desfraldar as crianças em apenas uma semana, mães e pais de primeira viagem conseguirão enfrentar essa mudança com tranquilidade.


Como tirar a fralda do bebê em 1 semana?

Tempo no banheiro

Quando você perceber que é o momento certo para o seu pequeno começar a controlar a vontade de fazer xixi ou cocô, gaste o tempo que você tem em casa para fazer as chamadas sessões. O que isso significa? Que enquanto seu filho estiver em casa, deixe-o fazer tudo normalmente, mas a cada quinze minutos, tente colocar o pequeno no bacio ou sentado no peniquinho. No final de cada sessão, coloque a fralda normalmente. No terceiro dia, a sessão deve durar o dia todo.


Vibre com as vitórias

Quando o seu filho acerta e vai direto para o banheiro, não se esqueça de aplaudir e demonstrar carinho – com um beijo ou abraço. Você também pode deixá-lo fazer telefonemas para seus avós ou tios para falar sobre o feito: quanto mais as pessoas vibrarem com isso, melhor.


Informe a escola

Se o seu filho frequenta a escola, é importante que você fale com os professores e avise que ele está deixando as fraldas. Se preferir, também pode pedir para ir ao banheiro com seu filho, para a criança se acostumar com a situação e perder o medo dessa nova área dentro da instituição.


fralda bebe mao 2211 400x800

Limite as bebidas antes de dormir

A recomendação é não oferecer nada de beber ao seu filho pelo menos uma hora antes de dormir. Desta forma, você vai ajudá-lo a ficar sequinho a noite toda. Para ele não sentir fome, vale servir o jantar um pouco mais tarde e evitar comer aquele lanchinho antes de ir para a cama. Lembre-se que o treinamento noturno só deve começar depois que a criança se controlar durante o dia.


Leia livros relacionados ao tema

Há muitos livros relacionados ao tema do desfralde, tanto para os pais que estão tentando ajudar as crianças nessa mudança, quanto para os próprios pequenos, com ilustrações e historinhas de incentivo.