Estudos comprovaram: Pé aumenta de tamanho na gestação (e nem sempre volta ao tamanho normal)

























A mudança no corpo da mulher depois da gravidez é tanto interna como externa. De acordo com a Universidade Iowa, nos Estados Unidos, as gestantes podem ter o tamanho dos pés mudados durante a gravidez e de maneira permanente.


O estudo comprovou o que durante muito tempo foi apenas uma impressão: a gravidez pode alterar permanentemente o tamanho dos pés das mulheres. A pesquisa acompanhou 49 gestantes, cujas medidas dos pés foram registradas no primeiro trimestre da gestação e cinco meses após o parto. Para 70% delas, o pé tornou-se mais comprido e mais largo.

"Já tinha ouvido mulheres falarem que mudaram o tamanho do sapato por causa da gravidez, mas não havia nenhuma referência a isso em livros ou publicações científicas”, afirmou em nota Neil Segal, professor de ortopedia e principal responsável pelo estudo. "Para estudar essa evidência de maneira mais científica, medimos os pés das mulheres. Descobrimos que a gravidez leva, de fato, a uma mudança permanente no pé”.



Pé chato é um problema comum na gravidez, por conta do peso extra e da maior frouxidão das articulações associadas aos hormônios. A novidade é que, após a gravidez, o pé não volta 100% ao normal, como acreditavam os médicos. A pesquisa foi publicada na revista científica American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation.



Em média, a altura e a rigidez do arco da sola do pé diminuíram entre as duas medições (primeiro trimestre e cinco meses após o parto). Os pesquisadores verificaram aumentos no comprimento do pé de 2 a 10 milímetros – ou seja, o sapato pode aumentar um número! O estudo também sugeriu que a primeira gestação é a responsável por essas mudanças, e que as demais não causariam mais alterações significativas na estrutura do pé.

Depois do nascimento do bebê, embora as articulações voltem a ficar mais rígidas, o pé ainda pode continuar maior.

O aumento do comprimento só ocorre na primeira gravidez. Caso a mulher tenha outros filhos, o pé não continua aumentando.