Estudo comprova: Ter animais de estimação em casa tornará seu bebê mais saudável




















Os pesquisadores analisaram mais de 700 mães e seus bebês por um período de alguns anos. Os pesquisadores examinaram se esses pares mãe-bebê também viviam em casas com animais de estimação que estavam presentes durante os primeiros três meses da vida da criança. Veja o que eles descobriram:



Benefício de ter pet em casa para o bebê

O estudo acompanhou 746 crianças e suas mães por quatro anos, observando se tinham ou não um animal de estimação durante o segundo ou terceiro trimestre de gestação, bem como aproximadamente três meses pós-parto.


Após essas informações, verificaram a saúde intestinal de todos os bebês e compararam os resultados dos que foram expostos a animais de estimação durante a gravidez e logo após o nascimento, e aqueles que não foram. Os pesquisadores analisaram o cocô dos bebês e encontraram dois tipos muito úteis de bactérias intestinais.



Estes bebês que conviviam com animais domésticos (70% dos quais eram cães) tinham uma riqueza das boas bactérias, Ruminococcus e Oscillospira, que estão ligadas a um menor risco de obesidade e doenças alérgicas em crianças.
Os dados também sugerem que se houver um cão presente frequentemente durante toda a gravidez de uma mulher - mas o cão for embora quando a criança nascer - os benefícios ainda estarão lá no bebê.
fonte: Vix