4 sintomas que uma mulher NÃO pode ter no pós-parto!









Sangramento

As pequenas hemorragias no pós-parto são super normais. Porém, os especialistas reforçam que se o sangramento não parar ou vier acompanhado de dor, é prudente procurar um médico, pois pode indicar uma inflamação no útero, a endometrite.







Seios vermelhos e doloridos

É muito comum que as mamães, especialmente as de primeira viagem, sintam dores quando estiverem amamentando, já que ainda estão formando o bico dos seios e se acostumando com um serzinho mordendo e chupando seu peito, o que pode causar fissuras que machucam. Porém, fique atenta a qualquer sinal de febre, empedramento de leite e dor forte, pois pode significar mastite, quadro que requer um cuidado um pouco maior.




Dor e inchaço nas pernas

Como a mulher costuma reter bastante líquido durante a gestação, no pós-parto ela ainda está inchada, assim como seus pés e pernas. Porém, se o inchaço não diminuir, a mamãe deve ficar atenta, pois os riscos de trombose no pós-cirúrgico é muito comum. Em caso de dores fortes e vermelhidão, procure um vascular.




Tristeza profunda

Todo mundo sabe que a gestação é um mix de sentimentos e mudanças de hormônios. Alterações de humor, tristezas, alegrias, dúvidas. Acontece tudo junto e misturado. No pós-parto não é diferente. A oscilação hormonal somada aos novos desafios e inseguranças podem causar medo e até tristeza nas mulheres. Mas caso você sinta uma tristeza profunda e outros sintomas da depressão pós-parto, procure o médico e conte o que está sentindo.




O pós-parto deve ser de muitas descobertas, sem precisar correr riscos, muitas vezes à toa. A qualquer sinal estranho, duvidoso ou que esteja lhe trazendo incômodo, procure um médico e relate o que sente.