Páscoa: Crianças e Chocolates, quais cuidados tomar?

     Na nossa cultura temos como símbolo da Páscoa, os ovos de chocolate, que representem a fertilidade, assim como o coelho.
 É muito comum trocarmos ovos com familiares, e principalmente as crianças ganharem vários ovos e chocolates.
Mas é recomendado que crianças de até 1 ano de idade não consumam chocolate, pelo grande risco de causar alergias alimentares,e favorecer o ganho excessivo de peso. Alguns pediatras recomendam não dar esse tipo de alimento até os 3 anos de idade da criança. Converse com seu pediatra a respeito.


Qual a melhor opção para dar as crianças?


      Evite ovos, recheados, trufados, com brigadeiros e bombons. Opte pelas opções que levam apenas o chocolate ao leite tradicional, costumam ser menos calóricos, pois possuem menos calorias e açucares.
Uma ótima opção são os chocolates meio amargos, que tem maior concentração de cacau, são uma opção mais saudável, por possuir substâncias benéficas ao coração e menor teor de gordura e açúcar que o chocolate ao leite. E seu filho ainda não experimentou chocolate, é uma boa alternativa oferecer o meio amargo, pois assim ele já irá se adaptar ao gosto mais amargo deste tipo de chocolate. O uso de alimentos muito doces na primeira infância favorece a mudança nas papilas degustativas da língua, alterando o paladar e induzindo a recusa de alguns alimentos não adocicados.

      Outra opção que tem sido muito utilizada nos tempos atuais é a alfarroba, trata-se de uma vagem cuja polpa é torrada e moída e serve como base para uma massa parecida com o chocolate. Ela tem mais fibras, boas quantidades de vitaminas e minerais e, quando comparado com o chocolate, tem menos açúcar e menos gordura, além de não possuir cafeína e teobromina, que são estimulantes presentes no cacau.
Já existem opções no mercado de ovos e barrinhas de alfarroba, além de ser também encontrada em pó em algumas casas de produtos naturais, que pode ser utilizada em diversas receitas. É uma boa opção para as pessoas que possuem alergias alimentares (leite de vaca, soja, glúten) ou buscam uma opção mais saudável.

Opte por abrir um ovo de cada vez, Estimule-a a abrir apenas para retirar os brinquedos e ofereça pequenas quantidades, o recomendado é de 40 gramas por dia.
Lembre-se de não deixar os chocolates a vista, para não aguçar a vontade da criança!
Tome cuidado, pois se ingerido em excesso, o chocolate pode causar alterações gastrointestinais, como vômitos e obstipação intestinal intercalada com diarreia.

Todo cuidado é pouco, o segredo é fazer tudo com cautela, em pequenas quantidades para evitar transtornos desnecessários.


 
 Visite nossa Página no Facebook Página Diário das Mamães
Nosso Canal no YouTube Canal Diário das Mamães
e nosso Instagram: Intagram Diário das Mamães

Post por: Ludmilla Canto 

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo